Tudo novo no Ano Novo

Sabe aquele soninho gostoso, depois do almoço, no sábado?

E o cinema na sexta à noite, jantarzinho romântico, papo com os amigos?

Ficar de bobeira no sofá, zapeando entre programas de receita e reality shows, ou encarando uma maratona de séries?

Dormir no domingo até a hora que quiser?

Não, você não precisa esquecer de tudo isso, riscar da sua vida para sempre.

Logo, a tarde de sábado, a noite de sexta, a manhã de domingo serão preenchidas por algo muito mais importante, desejado e especial que uma soneca, um cinema, uma manhã de preguiça.

Ele vai chegar trazendo seus genes e seus sonhos. Vai bagunçar sua casa e colocar sua vida de pernas pro ar. Em pouco tempo – muito pouco tempo – vai gostar de fazer a soneca com você, e de assistir TV com você, e de conhecer seus amigos.

E, antes que você perceba, vai fechar a porta do próprio quarto, vai escolher seus programas, vai ter seus próprios amigos. E a sua sensação vai ser de que passou rápido, mas ficou para sempre.

Um novo ano, um bebê, tudo de novo.

Feliz Ano Novo!

Para cada fase da criança, um transporte adequado: mito ou verdade?

Bebês com idade acima de um ano devem ser transportados em cadeirinhas presas ao cinto de segurança

Verdade. Época de Festas e férias, hora de por o pé na estrada. Existe uma forma ideal para transportar bebês e crianças? Na verdade, para cada fase, existe uma maneira correta de fazer isso.

Muita gente pensa que a melhor maneira de levar o bebê em um trajeto feito de carro é no colo. Dr. Alexandre Lourenço, ortopedista pediátrico da Pro Matre Paulista, explica que este é um grande equívoco. “Além do impacto da projeção que a criança pode sofrer, ainda há o risco de esmagamento causado pelo adulto que tem a criança no seu colo”, acrescenta Dr. Alexandre. Segundo as normas de segurança do CONTRAN, órgão regulador de trânsito no Brasil, há um tipo de cadeirinha ou assento especialmente indicado para cada faixa etária.

Veja o que é recomendado para cada faixa etária:

DE 0 A 1 ANO

Nesta faixa etária (incluindo o recém-nascido), o certo é o transporte em cadeirinhas de segurança, tipo bebê conforto, sempre presas pelo cinto de segurança do carro e de costas para o movimento do carro.

DE 1 A  4 ANOS

As crianças devem ser transportadas em cadeirinhas presas pelo cinto de segurança. A posição mais segura é no centro do banco traseiro.

DE 4 A 10 ANOS

As crianças com idade superior a quatro anos e inferior ou igual a sete anos e meio deverão utilizar o dispositivo de retenção denominado assento de elevação ou buster”, segundo determina o CONTRAN. Contudo, esta recomendação é válida até os 10 anos, visto que os cintos de segurança dos carros, em geral, são projetados para pessoas com mais de1,45 cm e estes assentos de elevação permitem adequar a altura da criança para o uso correto do cinto de segurança no ombro e na cintura.

Um Natal mais que especial

O Natal já é uma data que costuma deixar as pessoas mais sensíveis. Lembranças da infância, saudades, reunir-se com parentes distantes. Natal é nascimento, renovação, tempo de boas novas.

Ainda mais quando a data coincide com a chegada de um bebê.

O primeiro Natal grávida, o primeiro Natal com o bebê nos braços, o primeiro Natal em que ele já abre presentes, encanta-se com a árvore, espera ansioso pelo Papai Noel.

Como não se encantar com aqueles olhinhos brilhando, esperando o presente tão aguardado, sonhado, idealizado.

Seu filho… Como é lindo testemunhar essa pureza diante de algo tão desejado. Você sabe o que você está sentindo. Há pouco tempo, você ganhou o mais lindo dos presentes.

Que bom que você veio fazer parte da nossa família, a família Pro Matre Paulista.

Desejamos que você tenha um lindo Natal. Certamente, ele será o mais especial!

Gestante pode fazer esfoliação na pele: mito ou verdade?

Gestantes devem buscar informações sobre o que pode e o que não pode usar na pele

Verdade. Durante a gestação, as dúvidas sobre cuidados com a pele são muitas. Várias alterações na pele acontecem, inclusive pelas ações dos hormônios, mas a gestante dificilmente tem certeza do que pode e o que não pode usar nesse período.

Para ajudar a esclarecer algumas dessas dúvidas, a dermatologista da Pro Matre Paulista, Dra. Flavia Ravelli, fornece algumas orientações no terceiro vídeo da série, produzida pela maternidade.

Acesse aqui!

Inchaços aumentam no verão: mito ou verdade?

Verdade. E isso pode ser um grande incômodo para as gestantes, tanto pelo aumento de peso quanto pelas oscilações hormonais.

Como combater esse problema?

No segundo vídeo da série com a Dra. Flávia Ravelli, a dermatologista da Pro Matre Paulista oferece algumas orientações para as futuras mamães.

Acesse aqui e confira!

Gestante precisa de cuidados adicionais para a pele: mito ou verdade?

Verdade. O período da gestação é muito especial para a saúde da mulher, inclusive no que diz respeito à pele. E também é uma fase na qual a futura mamãe fica com muitas dúvidas sobre o que pode ou não fazer em relação a tratamentos e produtos que pode utilizar.

Para ajudar a responder essas questões, a Pro Matre Paulista preparou esta série de vídeos, com a dermatologista Dra. Flavia Ravelli, sobre o tema.

Acesse e saiba mais!

Zika vírus – repelentes são todos iguais: mito ou verdade?

Mito. O mercado oferece uma enorme variedade de repelentes e eles são importantes para evitar a picada do mosquito aedes egypt, que transmite o vírus zika. Em especial para mulheres grávidas, a infeção pelo mosquito pode trazer uma séria consequência – a microcefalia do feto.

Para ajudar as gestantes a se protegerem, a Pro Matre Paulista preparou esta tabela comparativa de produtos. Veja, compartilhe e informe-se!

Para saber mais sobre o zika vírus e suas sequelas na gravidez, acesse a página da Pro Matre Paulista no Facebook.

 

 

Zika vírus: saiba e compartilhe!

 

O zika vírus e sua relação com o aumento de casos de microcefalia têm sido algumas das grandes preocupações das gestantes e mulheres que pretendem engravidar. Para ajudar a esclarecer as principais dúvidas desse grupo, a Pro Matre Paulista tem produzido material sobre o tema, como este infográfico, que você pode compartilhar com sua família e amigos.

Siga nossa página no Facebook e saiba mais sobre o assunto. A prevenção é a maior aliada!

O que pode e o que não pode no primeiro trimestre da gestação?

Conforme a gestação evolui, alguns cuidados são necessários para que o período seja tranquilo tanto para a mãe quanto para o bebê. Em cada etapa são várias mudanças no corpo e no comportamento da gestante. Por isso, a Dra. Maria Elisa Noriler, ginecologista e obstetra da Maternidade Pro Matre, forneceu algumas dicas dos cuidados que você deve tomar  e do que você pode fazer em cada trimestre.

A reportagem completa está neste conteúdo da revista Pais & Filhos.

Acompanhe!