Vídeo mostra bebê “escorregando” no ultrassom. É comum?

O vídeo acima viralizou por mostrar um bebê “escorregando” dentro da barriga da mãe. Parece incomum, mas será mesmo? Buscamos respostas com o Dr. Guilherme Loureiro Fernandes, obstetra da Pro Matre Paulista.

Ele explica que o ato não é raro. “Neste tempo de gestação, final do primeiro trimestre, em torno de 11-14 semanas, o movimento típico do feto é baseado nesta forma de pêndulo principalmente, e outras na forma de cambalhota”.

Dr. Guilherme conta que a “escorregada” se deve ao momento da formação do feto. “Isto se deve à fase da gravidez em que se encontra o desenvolvimento neural e muscular, permitindo estes movimentos de deslize”.

“Nesta fase da gestação se realiza o ultrassom morfológico fetal de primeiro trimestre, onde se avalia, além da forma do bebê, o risco para doenças cromossômicas e cardiopatias congênitas, principalmente, além da anatomia e a movimentação adequada para a fase, e estes movimentos são o esperado”, esclarece o médico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*