Guia de Saúde Pro Matre

Tamanho do Texto:

Saúde da mulher – Cinco atitudes para prevenir doenças e fortalecer o bem-estar

Cinco atitudes para prevenir doenças e fortalecer o bem-estar

Pequenas ações podem fazer grande diferença para sua saúde. Veja o que você pode fazer para viver de forma mais saudável e conte com a Pro Matre para ajudá-la sempre que necessário. Com serviços que vão do Pronto Atendimento a cirurgias, passando por exames e tratamentos de doenças que afetam as mulheres. Estamos a seu lado em todas as fases de sua vida.


A correria do dia a dia é tanta, que muitas vezes deixamos um pouco de lado coisas importantes, não é mesmo? Nossa saúde, por exemplo. Quem nunca adiou uma ida ou médico, ou trocou a atividade física por alguns momentos de preguiça. Mas é sempre importante lembrar que cuidar da saúde é um investimento de longo prazo que fazemos para nós mesmas. Por isso, cuidados diários com o corpo e a mente e suporte médico especializado são atitudes essenciais para nos mantermos saudáveis.

Aqui, na Pro Matre Paulista, buscamos sempre estar juntos com você e prestar todo o apoio necessário, não apenas na maternidade, mas em qualquer fase da vida. Nosso Centro de Saúde da Mulher está equipado com o que há de mais moderno em equipamentos e conta com uma equipe qualificada, preparada para acolhê-la durante todos os momentos, do diagnóstico ao tratamento.

Quando você pensa em Pro Matre Paulista, com certeza lembra de gestantes e recém-nascidos, é claro. Mas aqui você encontrará também toda a assistência no que se relaciona à sua saúde.

Nosso Pronto Atendimento é um dos únicos do país focado na saúde feminina. Equipes médicas e de enfermagem especializadas em obstetrícia e ginecologia ficam de plantão 24 horas por dia para atender os mais variados casos de emergência envolvendo a saúde da mulher.

Caso seja necessário o atendimento de outros profissionais médicos no Pronto Atendimento, dispomos de um serviço de retaguarda hospitalar, uma completa infraestrutura assistencial que envolve desde equipes multiprofissionais especializadas com todos os recursos tecnológicos necessários. Nossa equipe é formada por diversos especialistas, como cardiologistas, endocrinologistas, gastroenterologistas e infectologistas. Se houver a necessidade de internação para cuidados intensivos, contamos também com UTI Adulto.

A saúde da mulher também é o foco do nosso Centro Cirúrgico, onde são realizados dezenas de procedimentos convencionais ou minimamente invasivos para tratamento de problemas como:

• Miomas e cistos no ovário.
• Pólipos e malformações uterinas.
• Aderências pélvicas (tecidos fibrosos semelhantes a uma cicatriz).
• Cânceres de mama, de ovário, de endométrio e no colo do útero.
• Disfunções do assoalho pélvico (incontinência urinária, ruptura perineal).
• Varizes e outros problemas vasculares.

Além disso, temos uma Central de Esterilização de Materiais Cirúrgicos hoje considerada uma das maiores da América Latina e referência no meio hospitalar, que recebe constantemente a visita de profissionais de países como Alemanha, Itália, Chile, França e Estados Unidos, que desejam conhecer de perto nosso parque instrumental, o que nos dá segurança no cuidado da saúde feminina. Todas essas atividades são monitoradas pela nossa CCIH (Comissão de Controle de Infecção Hospitalar), cujo trabalho nos rendeu uma taxa anual de infecção hospitalar muito baixa, em torno de 0,3%, enquanto a média nacional é de 2,8%.

Cinco dicas que farão diferença na sua saúde

Veja algumas indicações que podem fazer muita diferença em sua saúde:

1 – Siga uma dieta saudável
Embora o tema seja bastante conhecido, não custa relembrar que o controle na alimentação é fundamental para a prevenção da obesidade. Manter-se no peso adequado sempre contribui para o equilíbrio metabólico do organismo e traz sempre benefícios à saúde feminina. Por isso, na maioria das refeições prefira carnes brancas e grelhadas, saladas, legumes, frutas e grãos integrais. Evitar o consumo de bebidas alcoólicas, alimentos embutidos e com alto teor de açúcar e sal também é muito importante.

2 – Escolha um médico para consultas frequentes
O acompanhamento com consultas ao médico ginecologista ou outro especialista desde a adolescência ajuda muito. A criação desse vínculo facilita a realização de exames periódicos, a definição sobre quais vacinas tomar, a escolha de métodos contraceptivos e a orientação sobre a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, como HIV/aids e HPV.

Ter um médico que conhece seu histórico fará com que ele saiba com mais precisão quais exames pedir. Ele também conseguirá mapear eventuais riscos à sua saúde (sejam relacionados a alguma condição pessoal ou a fatores genéticos). Entre os exames que o médico realizará com frequência, estão:

Exame ginecológico clínico – Nas consultas, o médico tem recursos para procedimentos simples, mas muito eficazes para detectar qualquer tipo de anormalidade.
Exames de laboratório – Exames de sangue, urina e fezes são formas simples de trazer muitas informações para o médico. Eles apontam descontroles (como índice glicêmico ou colesterol alto) e indicam a existência de infecções e outras alterações.
Papanicolau – Feito pelo médico por meio de uma rápida coleta de células que não provoca desconforto e tem o objetivo de analisar possíveis alterações das células do genital interno. É um forte aliado na prevenção e detecção precoce do câncer de colo de útero.
Mamografia – Em geral realizado anualmente a partir dos 40 anos (ou conforme a orientação médica), é um instrumento indispensável para a prevenção do câncer de mama.
Outros exames – Dependendo da sua idade, histórico de saúde ou quadro clínico, o médico também recomendará outros exames, como colposcopia (que detecta lesões na vagina e no colo do útero) e ultrassom pélvico.

3 – Busque controlar o estresse
A saúde mental é fundamental para a qualidade de vida de qualquer pessoa e, se não for cuidada, pode levar a problemas graves, como depressão e síndrome de burnout (esgotamento profissional). Por isso, além de dormir entre sete e oito horas todas as noites, procure tomar algumas atitudes que ajudam a controlar o estresse. Inclua em sua agenda cotidiana atividades físicas regulares, de preferência complementadas por práticas de concentração e relaxamento, como meditação e ioga.

Encontre os amigos e familiares com frequência e guarde um tempinho para atividades que lhe tragam alegria – hobbies e passeios, por exemplo. Viver bem também é saúde!

4 – Cuide de sua sexualidade
Ao longo da vida, as vivências e experiências da sexualidade vão mudando. Após a menopausa, por exemplo, pode haver desconfortos nas relações sexuais. Identificar esses problemas, reconhecê-los e buscar meios de tratá-los vai possibilitar o pleno exercício da sexualidade por muito tempo.

5 – Se possível, planeje a gravidez
Para mulheres que desejam engravidar, o planejamento reprodutivo é essencial. Ele contribui para uma prática sexual mais saudável, possibilita o espaçamento dos nascimentos e a recuperação do organismo da mulher após o parto, melhorando as condições que ela tem para cuidar dos filhos e para realizar outras atividades.

Antes de decidir engravidar, é importante também realizar um check-up de saúde. Seu médico dará orientações nutricionais importantes – como evitar alimentos malpassados e verduras cruas, pelo risco de exposição a parasitas da toxoplasmose. Também vai conferir se suas vacinas estão em dia e se sua saúde está em equilíbrio. Em muitos casos, serão prescritas algumas substâncias que protegem o organismo feminino e o embrião que estará por vir, como ácido fólico, vitaminas e nutrientes.

Por isso, faça sua parte mudando os hábitos. E conte com a Pro Matre para auxiliá-la em todos os momentos da sua vida.


Que tal conhecer um pouco mais sobre a Maternidade Pro Matre?

Agende já sua visita e conheça todos os serviços que estão à disposição para melhor atender você e seu bebê!