Novidades

Tamanho do Texto:

Novidades do mês de Março

23/03/2011

Dar à luz em casa, dentro da maternidade

A ideia de fazer o parto em casa acende discussões e ressalta dois diferenciais da Pro Matre Paulista: as Suítes LDR e o Espaço Vida

A busca pela simplicidade no ato de dar à luz tem levado algumas mulheres, suas famílias e seus obstetras a um paradoxo: depois de vivenciar um pré-natal cercado de recursos, com acesso aos exames mais sofisticados e até a procedimentos intrauterinos, optar pelo parto em casa pode soar, no mínimo, como uma opção incoerente.

A ideia de fazer o parto em casa voltou ao universo de algumas gestantes graças a um movimento de retomada das origens, que prega o parto vaginal em vez da cesárea. O desejo de ter a família por perto, o aleitamento precoce do recém-nascido e a não-utilização de substâncias químicas durante o parto também remetem ao conceito dos antigos partos em casa. No entanto, o procedimento realizado em casa pode expor a mãe e o bebê a situações que seriam muito mais facilmente controladas em uma maternidade.

Hoje, é possível desfrutar desse acolhimento familiar e dos benefícios de um parto normal dentro de uma maternidade, como é o caso da Pro Matre Paulista, pioneira em conceitos como o LDR (Labor and Delivery Room) e o Espaço Vida.

As Suítes LDR, ou simplesmente Suítes para Parto, oferecem o conforto de um lar com a segurança de uma completa estrutura hospitalar. No mesmo ambiente, a mãe e seu acompanhante permanecem juntos durante o período que antecede o nascimento, vivenciando o trabalho de parto. Amplo espaço físico, som ambiente e uma banheira ajudam a gestante a relaxar, superar a ansiedade, as dores e esperar o grande momento.

Ali mesmo, as estruturas do quarto permitem transformá-lo rapidamente em um pequeno centro obstétrico. Depois de já ter o bebê em suas mãos, a mãe pode iniciar a amamentação e permanecer na suíte no período de recuperação pós-anestésica. Localizada dentro do Centro Obstétrico, a Suíte LDR também possibilita uma rápida remoção para uma sala cirúrgica diante de alguma complicação com a mãe ou com o recém-nascido.

O desejo de ter a família por perto também foi contemplado na Pro Matre Paulista. As salas do Centro Obstétrico da maternidade foram projetadas com uma ampla parede de vidro plasmático em um dos lados. Do lado de fora, as famílias aguardam a chegada do bebê no Espaço Vida, que oferece estrutura e privacidade. Quando o médico e o casal autorizam, o vidro leitoso fica transparente, permitindo a visão de parte da sala e possibilitando que o restante da família acompanhe de perto a chegada de seu novo integrante.

“Hoje, a mulher que procura as vantagens do parto em casa pode se beneficiar da estrutura ideal oferecida pela Pro Matre Paulista, sem abrir mão de sua segurança e a do seu bebê”, comenta Dr. Alberto D´auria, diretor de Relacionamento Médico da instituição. “O melhor lugar da sua casa para dar à luz fica dentro da nossa maternidade”, conclui.

Voltar