Navegação de Posts

*/ ?>

É verdade que a grávida pode ficar com mais manchas na pele?

Sim. Entre as inúmeras mudanças no organismo da mulher, está a maior suscetibilidade ao aparecimento de manchas na pele ou “melasma gravídico”, segundo o vocabulário médico. Nesse período, há um o aumento da produção de um hormônio estimulador de melanócitos, célula responsável por produzir melanina – substância que garante a pigmentação natural da pele.

Para evitar as manchas, é fundamental proteger-se do sol. “Nesse período, a mulher precisa de um cuidado a mais, porque ela possui um risco maior de pigmentar a pele por conta dos hormônios próprios da gestação. O fator de proteção solar deve ser mais alto. Pode variar de paciente para paciente, mas o ideal é que seja acima de 30”, afirma a Dra. Thais Adura Pepe, dermatologista da Pro Matre Paulista.

Não há grandes restrições quanto à composição dos filtros solares, exceto que eles não devem conter óleo na sua composição para evitar queimaduras. “Quando faz muito sol, o ideal é que a gestante reaplique o filtro solar a cada duas horas. No dia a dia, ela precisa aplicá-lo apenas quando for se expor ao sol”, acrescenta a dermatologista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *