Gêmeos têm mais chance de nascer prematuros: mito ou verdade?

É verdade. O risco de prematuridade é, efetivamente, aumentado  nas gestações múltiplas. Na série “Gêmeos”, Dra. Edinéia Vaciloto Lima, neonatologista coordenadora da UTI Neonatal da Pro Matre Paulista, esclarece importantes aspectos desse tipo de gravidez. O conteúdo desta série foi publicado originalmente no Anuário Caras do Bebê, com informações de profissionais da Pro Matre.

Não há grandes complicações associadas à ocorrência de gêmeos. O maior desafio desses bebês é, na maioria das vezes, ganhar peso. Por isso, é comum que eles fiquem internados por um tempo maior. Somam-se a essa complicação a imaturidade pulmonar e a dificuldade de sucção.

Durante a internação, o principal instrumento contra a imaturidade é o próprio aleitamento materno. “Quando ainda são muito pequenos e não têm condição de sugar, os prematuros são alimentados na UTI com o leite da mãe por meio de uma técnica que utiliza copinhos, com o intuito de estimular o aleitamento materno exclusivo”, completa a neonatologista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *