Navegação de Posts

*/ ?>

Hortaliças são ótimas para gestantes: mito ou verdade?

Verdade!

Qualquer folha verde, verdura, legume ou erva é considerada um alimento do grupo das hortaliças. As cores dessas hortaliças, em sua maioria, significam a presença de fitoquímicos – substância com propriedades que melhoram o funcionamento do organismo e previnem contra doenças. Por isso, recomenda-se o consumo de hortaliças de cores variadas, principalmente as verdes e as alaranjadas, que são ricas em betacaroteno, item importante para a saúde da pele. Veja alguns exemplos:

Hortaliças verde-escuras – acelga, agrião, alface, almeirão, aspargos, brócolis, couve, couve de Bruxelas, jiló, ervilha torta, espinafre, escarola, pimentão verde, quiabo, rúcula e vagem. São ricas em ácido fólico, um nutriente que o bebê irá precisar. “O fechamento do tubo neural do feto ocorre, normalmente, entre a segunda e a quarta semana de gestação, por isso é importante iniciar a suplementação do ácido fólico antes mesmo de engravidar”, explica o Dr. Hérbene Milani, especialista em Medicina Fetal do Grupo Santa Joana.

Hortaliças alaranjadas – abóbora, cenoura, pimentão amarelo; hortaliças ricas em amido – os chamados tubérculos são hortaliças, mas se diferenciam do grupo por apresentar um teor maior de carboidrato. Fazem parte do grupo: pães, batata, cará, inhame, mandioca e mandioquinha (batata-baroa).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *