Navegação de Posts

*/ ?>

O tato é importante para o desenvolvimento dos bebês: mito ou verdade?

Método Canguru: pelo contato com a pele, bebês prematuros são estimulados

Verdade. Bebês pequenos gostam de ser tocados. Eles adoram receber massagem e dormir no colo, pois o toque pessoal faz com que se sintam mais seguros. A fim de explorar tudo que os rodeia, tendem, quando atingem o 3º ou 4º mês de vida, a colocar tudo o que alcançam na boca, pois além da satisfação do sentido primitivo da oralidade, podem tocar os objetos com a língua, que tem enormes propriedades sensitivas.

“O tato é tão importante para o recém-nascido que esta constatação contribui até mesmo no tratamento de bebês prematuros, com o chamado Método Canguru, pelo qual o bebê passa algumas horas do dia em contato direto com o peito da mãe, fixado a ela por faixas”, comenta Dr. Paulo Pachi, neonatologista da Pro Matre Paulista. Na instituição, o Método Canguru é utilizado regularmente na UTI Neonatal, envolvendo inclusive os pais no processo.

Habitualmente após o 4º mês de vida, a criança adquire a habilidade de apanhar os objetos e é, a partir de então, que devemos estimulá-la no sentido de explorar formas, cores, e pesos variados, além de induzir a uma interação através de brinquedos que “respondam” às suas manipulações, como por exemplo os chocalhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *