Navegação de Posts

*/ ?>

Bebês têm o paladar pouco desenvolvido: mito ou verdade?

As preferências do bebê em relação ao paladar se manifestam aos poucos

Verdade. Ao nascimento, o paladar já se encontra relativamente desenvolvido, porém a pouca experiência com a deglutição do líquido amniótico não confere ao bebê um conhecimento apropriado que lhe permita fazer escolhas no início de sua vida. “Porém, à medida que o seu paladar vai sendo provocado com sabores diversos, as preferências começam a se manifestar”, observa Dr. Paulo Pacchi, neonatologista da Pro Matre Paulista.

Bebês exploram a maioria das coisas colocando-as dentro na boca, para sentir a sua consistência e forma. Esta fase é a chamada oralidade, que se torna bem evidente a partir do 3º ou 4º mês. A introdução de alimentos em sequência, a partir do 6º mês, faz com que os sentidos de olfato e paladar se aprimorem, também contribuindo para definir as preferências.

Muitas vezes, as mães transferem para seus filhos o seu próprio gosto, introduzindo sucos e papinhas de frutas preparadas com açúcar. Evite este procedimento, oferecendo fruta in natura, para que ele se habitue a ingeri-las sem açúcar, contribuindo para uma alimentação mais saudável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *