Outubro Rosa: gestante não pode fazer mamografia – mito ou verdade?

O ideal, para a mulher mais velha, é planejar a gestação, fazendo a mamografia antes de engravidar

Verdade. A mamografia é o exame indicado para o acompanhamento regular contra o câncer de mama. Por meio de suas imagens, é possível detectar o surgimento de nódulos indicativos do câncer de mama e tratá-los, com grandes chances de cura. No entanto, mulheres grávidas não podem se submeter a mamografias.

“A mamografia é um exame cujas imagens são geradas através de raios-X, algo contraindicado durante a gestação, por prejudicar o feto”, explica Dr. Luis Fernando Leite, ginecologista e obstetra da Pro Matre Paulista. O médico explica que muitas mulheres apresentam essa dúvida, principalmente pela questão da idade.

“Atualmente, tem sido comum que as mulheres decidam-se pela gestação em idades próximas ou até após os 40 anos e, nessa faixa etária, já há indicação para realizar a mamografia uma vez por ano”, acrescenta Dr. Leite. Nos casos de mulheres com ocorrência de câncer de mama entre parentes próximas, essa rotina deve começar antes, aos 35 anos.

O ideal, segundo Dr. Leite, é seguir um planejamento antes de engravidar. “Se tiver indicação de mamografia anual, a mulher deve fazer o exame antes de engravidar, eliminando esse tema durante a gestação”, afirma. Caso a mulher note o surgimento de algum nódulo durante a gestação, o médico irá indicar a realização de uma ultrassonografia e, se for preciso, de uma biópsia”, conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *