É possível amamentar bebês prematuros: mito ou verdade?

Verdade. Na Pro Matre Paulista, isso não só é possível como é uma prática incentivada e apoiada em uma estrutura completa para auxiliar a mãe nessa tarefa. Como explica Dra. Edinéia Vaciloto Lima, neonatologista da Pro Matre Paulista, é muito comum que os bebês nascidos com menos de 34 semanas ainda não tenham capacidade de sugar o seio materno. “Nesses casos, o recém-nascido tem suas necessidades nutricionais supridas pela alimentação por sonda, mas esta é uma fase transitória”, explica a médica.

Para que o leite materno possa ser aproveitado pelo bebê no momento em que conseguir mamar, a maternidade oferece uma estrutura completa para que a mãe faça a retirada do leite. No lactário, o leite passa por um rigoroso processo de pasteurização, para manter sua qualidade, e depois é congelado para utilização posterior.

Os bebês que ficam internados por períodos mais longos na UTI Neonatal da Pro Matre Paulista recebem em alta, em sua grande maioria, já adaptados a mamar o leite da própria mãe, mantendo essa rotina pelo período que se recomenda, com amamentação exclusiva até os seis meses de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *