Navegação de Posts

*/ ?>

Megacólon Congênito? O que é?

Um problema no intestino grosso que atinge aproximadamente 1 para cada 5 mil recém-nascidos. A neonatologista da Pro Matre Paulista Dra. Mônica Carceles explica melhor o que é o Megacólon Congênito.

“É uma dilatação do intestino grosso causada por uma falha de inervação. A área em que está localizada essa falha não relaxa para a passagem das fezes e gera uma obstrução intestinal”, descreve a médica.

“O principal sintoma é a demora para evacuar nos dois primeiros dias de vida, mas depende muito da extensão e da localização da falha”, conta. “Quando uma área pequena do intestino é afetada, os sintomas são mais leves e o diagnóstico pode ser mais fácil”.

Quando o bebê apresenta os sintomas, o médico pode pedir uma biópsia do intestino para fazer o diagnóstico. Não é possível detectar o problema antes do nascimento, durante a gestação.

Mas é possível diferenciar a doença de uma prisão de ventre normal? “No Megacólon, a obstipação intestinal é muito grave, havendo grande distensão do abdome. Em geral, o bebê não consegue evacuar sem que seja feita uma lavagem intestinal”, responde a especialista. “As manifestações da doença são precoces, aparecendo nos primeiros dias de vida”.

O Megacólon Congênito tem cura? Tem tratamento? “O tratamento é cirúrgico”, explica Dra. Mônica, “com a retirada da parte afetada do intestino. O bom resultado depende da intensidade da alteração”. A cirurgia pode ser feita já no período neonatal, dependendo de quando for feito o diagnóstico e da gravidade.

Comentários encerrados.