Síndrome Alcoólica Fetal – SAF

Não é novidade que o consumo de bebidas alcóolicas na gestação pode deixar marcas para sempre em seu bebê. Mas você já ouviu falar da SAF?

A Síndrome Alcoólica Fetal, ou SAF, é uma condição que afeta crianças cujas mães consumiram álcool na gestação. Os sintomas mais comuns são alterações faciais, comprometimento em diversos órgãos e sistemas (principalmente o nervoso central), atraso no crescimento e desordens de crescimento e aprendizado.

De acordo com estudos da Organização Mundial da Saúde (OMS), anualmente 12 mil bebês nascem com a Síndrome Alcoólica Fetal. O Ministério da Saúde estima que 1 em cada 1000 nascidos vivos possuam a doença no Brasil, mas como é de difícil diagnóstico, estima-se que os números possam ser ainda maiores.

Segundo o dr. Alberto d’Auria, obstetra da Pro Matre Paulista, a SAF é uma das causas de retardo mental e de anomalia congênita nos nenéns. “Ao ingerir bebidas alcoólicas, acontece a restrição do crescimento fetal, resultado de um envelhecimento placentário precoce. Esse envelhecimento gera insuficiência e uma redução da quantidade de líquido amniótico para o feto. Ou seja, as chances de prematuridade são altas”. Dessa forma, o embrião passa a receber menos oxigênio, o que vai prejudicar o desenvolvimento do cérebro e dos ossos.

Consumir álcool durante a gestação também pode ter consequências para você, gestante. A desidratação causada pelo álcool sobrecarrega os rins. Além disso, a ansiedade, irritabilidade, agressão, são comportamentos resultantes do uso de álcool, o que nessa fase da vida da mulher acaba sendo nocivo para uma gestação tranquila.

Lembrando: não existe quantidade segura de bebida que pode ser ingerida durante sua gravidez. A única maneira de prevenir a SAF é não bebendo. “Se uma grávida que pesa 60 quilos tomar apenas uma taça de vinho, ela vai expor o feto a uma quantidade 100 vezes maior do que ela ingeriu” explica o dr. d’Auria.

Caso você possua problemas com álcool, o tratamento inclui medicamentos para possíveis sintomas, terapia e acompanhamento.

Procure ajuda e suporte para garantir uma jornada saudável para você e seu bebê!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *