Existe padrão de crescimento para bebês: mito ou verdade?

Verdade. Quase toda mãe é acometida por uma espécie de mania: comparar o tamanho de seu filho com outras crianças, sempre questionando se o seu está “normal”. Esta comparação até faz algum sentido, pois de fato existe um padrão de referência para acompanhar o crescimento das crianças (veja tabelas e alguns dados como regra geral em relação ao crescimento). Porém, como lembra Dr. Heiki Mori, neonatologista da Pro Matre Paulista, a avaliação do crescimento deve ser sempre individualizada, e feita pelo pediatra.

A maioria dos serviços de pediatria utiliza o padrão referencia do National Center for Health Statistics (NCHS), dos EUA, que acompanha o peso, o comprimento e o perímetro cefálico (PC), em relação à idade em meses (até 48 meses) e anos de (4 a20 anos). Com base nesses dados, são estabelecidas as chamadas curvas de crescimento, tabuladas de acordo com idade e sexo, e com percentis consideradas dentro da normalidade entre P3 e P97, usados como padrão de seguimento.

Peso

Após o nascimento, é normal que o recém-nascido tenha perda de peso em torno de 10%, recuperando-o com 10 dias de vida

1º trimestre = engorda 25g por dia

2º trimestre = engorda 20g por dia

3º trimestre = engorda 15g por dia

4º trimestre = engorda 10g por dia

Com a idade de 4 a5 meses, o bebê deverá ter dobrado de peso

1 ano = triplica o peso de nascimento

2 anos = quadruplica o peso de nascimento

A partir dos dois anos, engorda 2,5 kg por ano

Na fase pré-escolar = engorda:2 kg por ano

Na fase escolar = engorda 3,5 kg por ano


Podemos ajudar?

Fale conosco pelo
WhatsApp.

Whatsapp

Agende visitas, marque
consultas e mais.

Acesso rápido

Skip to content