Guia de Saúde Pro Matre

Tamanho do Texto:

Endometriose

O que é endometriose?

A endometriose é o aparecimento do tecido que reveste a cavidade uterina (o endométrio) em outras partes do corpo. Em 90% dos casos, ela ocorre na região pélvica: ovários, útero, trompas, bexiga e a porção final do intestino grosso. Em 10% dos casos ela surge em outras regiões, como a parte superior do abdome (Diafragma) ou mesmo o Tórax (Pulmão e Coração). No Grupo Santa Joana foi realizada a primeira cirurgia de endometriose no coração, usando a videolaparoscopia, caso bastante raro.

É uma das doenças mais antigas da humanidade, com relatos de 1850 a.C. No entanto, até hoje não se sabe a sua causa, sendo considerada uma doença enigmática

A dor ocorre por inflamação deste tecido localizado fora da cavidade uterina, que é estimulada pelos hormônios do ciclo menstrual. É por isso que acomete mulheres no período reprodutivo, que vai da puberdade à menopausa. A incidência da doença é de até 20% das mulheres e é a causa mais frequente de infertilidade.

A doença tem como algumas de suas características causar dor pélvica, cólica menstrual e fadiga crônica, tirando a energia da mulher, podendo ser confundida com depressão. Mesmo assim, muitas vezes é subestimada, não é corretamente diagnosticada (o atraso no diagnóstico é de, em média, 10 anos) e nem sempre é tratada da maneira ideal.

Sintomas

A endometriose é uma das grandes vilãs do bem-estar feminino, causando sintomas inflamatórios cíclicos (pré-menstruação, menstruação, ovulação), como dores, alterações na evacuação, micção e perda de energia (fadiga crônica). A endometriose constitui-se na principal causa de infertilidade feminina.

• Dor Pélvica
• Cólica menstrual (dismenorreia)
• Fadiga crônica (perda da energia)
• Dor de profundidade durante a relação sexual (dispareunia de profundidade)
• Inchaço abdominal durante o período menstrual
• Mudanças nos padrões urinários ou intestinais relacionados ao ciclo
menstrual. Pode ser causa de dor ao urinar ou defecar, além de constipação
• Infertilidade feminina

Causas

Existem diversas teorias, mas não se sabe a causa da endometriose. Sabemos que ela é 7 a 10 vezes mais comum em mulheres cujas mães têm ou tiveram a doença.

Apesar de ser uma doença muito antiga, a endometriose parece ter ganhado mais evidência nas últimas décadas por causa do padrão cultural em que as mulheres engravidam mais tarde e têm menos filhos.

Enquanto as mulheres estão grávidas ou amamentando, os sintomas não se fazem presentes, por ação dos hormônios da gestação provocando uma inibição na ação inflamatória e consequentemente nos sintomas dolorosos. Antigamente, como as mulheres passavam boa parte de sua vida reprodutiva grávidas ou amamentando, não sofriam tanto com a doença. Por isto, hoje em dia ela tende a ter maior incidência do que no passado, estando os sintomas mais evidentes ao longo de boa parte da vida reprodutiva.

Diagnóstico

Desconfie da famosa cólica menstrual. Este é um dos sintomas mais comuns de endometriose, podendo variar desde uma leve cólica até cólicas menstruais incapacitantes.

O diagnóstico é feito por uma minuciosa análise dos sintomas (anamnese), exame físico e exames de imagem, como Ultrassom e Ressonância Magnética. Procure fazer estes exames com profissionais qualificados e experientes no assunto. E busque um médico que escute suas queixas. Isso é fundamental! Diagnosticar corretamente e de forma precoce faz diferença no tratamento e no bem-estar das mulheres.

Tratamentos

O tratamento dos sintomas pode ser através de medicamentos analgésicos, que buscam o alívio das dores, ou através de bloqueios hormonais como anticoncepcional oral, hormônio progesterona ou análogos do GnRH, que bloqueiam os hormônios do ciclo menstrual ao nível do cérebro (bloqueio central). Estes medicamentos visam melhorar a qualidade de vida, mas não fazem desaparecer as lesões. Nenhum deles trata a endometriose, apenas os seus sintomas.

A cirurgia é minimamente invasiva, como a laparoscopia, e pode ser curativa desde que consiga eliminar todas as lesões. O médico irá avaliar se o caso é indicativo de cirurgia. A Pro Matre, através do Centro de Endometriose do Hospital Santa Joana, tem profissionais com experiência e dedicados ao correto diagnóstico e tratamento desta enigmática doença.

Que tal conhecer um pouco mais sobre a Maternidade Pro Matre?

Agende já sua visita e conheça todos os serviços que estão à disposição para melhor atender você e seu bebê!