conheça a pro matre

Tamanho do Texto:

Hora Dourada


Hora dourada: a importância dos primeiros 60 minutos para a mãe e para o bebê

Quando queremos nos referir a algo de excelência, utilizamos com frequência expressões relacionadas ao ouro, como “padrão-ouro” ou “isso vale ouro”. Na maternidade, não é diferente. Chamamos de hora dourada o valioso período de aproximadamente 60 minutos em que o bebê começa a sentir a vida fora do útero da mãe.

O que é hora dourada?

A hora dourada é o nome dado a uma série de cuidados humanizados que realizamos para receber bem o bebê e integrá-lo rapidamente com a mamãe. São momentos cruciais para o vínculo emocional e para a saúde de ambos. O acompanhante da nova mãe também estará por perto, auxiliando na acolhida e iniciando um vínculo que durará a vida toda.

Na Pro Matre Paulista, damos atenção especial a essa hora mágica por meio de uma série de iniciativas. Conheça as principais.


Contato precoce pele a pele com a mãe
Assim que o bebê nasce, caso ele e a mãe estejam em boas condições clínicas, nossa equipe médica e de enfermagem o enxuga para que não perca calor e o coloca rapidamente sobre o colo da mãe, para que se sinta ainda mais aquecido e confortável. Diferentemente do que muitas pessoas pensam, a hora dourada não se limita à amamentação. Embora a primeira mamada deva acontecer nesse período, uma das ações mais incentivadas é o contato pele a pele. Com isso, facilitamos a ambientação do bebê ao novo mundo e garantimos seu aquecimento. O contato pele a pele também é importante porque expõe a criança às bactérias maternas, que começam a colonizar sua pele para auxiliar em sua proteção. E, claro, poder tocar e visualizar o bebê é, para a nova mamãe, a concretização de um sonho.

Corte tardio do cordão umbilical
Com o bebê já em contato pele a pele com a mãe, esperamos que o cordão umbilical pare de pulsar (geralmente de 1 a 3 minutos) para ser cortado. Isso contribui para que sua circulação sanguínea seja plenamente estabelecida, aumentando, assim, seus níveis de ferro no organismo e reduzindo o risco de anemia. Essa providência também é importante porque a percepção dos batimentos cardíacos da mãe acalma o bebê, ajudando na redução do estresse e do choro nesses momentos iniciais.

Identificação e avaliação do bebê
Após o corte do cordão umbilical, realizamos a identificação do bebê com a colocação de uma pulseira com o nome da mãe – o acompanhante estará junto nesse momento também. No primeiro e no quinto minuto de vida, enquanto ainda estiver no colo da mãe, é feito o teste de Apgar com a finalidade de checar frequência cardíaca, respiração, tônus musculares, reflexos e cor de pele do bebê. Durante sua permanência na maternidade, outros importantes exames serão realizados para checagem da saúde do bebê.

Estímulo à amamentação
A hora dourada garante bem-estar para a mãe devido à proximidade de seu filho e incentiva a produção de ocitocina, hormônio responsável pela estimulação da descida do leite e da contração uterina, evitando possíveis hemorragias. Nossa equipe médica ou de enfermagem reposiciona o bebê próximo ao tórax da mãe para que ele, naturalmente, tente mamar. Ao começar a sucção, o bebê se acalma, ativa a liberação do colostro (primeiro leite materno) e a produção de ocitocina.

Quem pode se beneficiar da hora dourada?

A hora dourada é uma prática que começamos a adotar como padrão dos partos normais realizados em nossa instituição no final de 2017, e já temos uma taxa de adesão superior a 90%. Em 2019, ampliamos esse tipo de atenção humanizada também para os partos cesarianas, que exigem cuidados especiais por se tratar de uma intervenção cirúrgica com anestesia, mas que também se beneficiam de todas essas vantagens relacionadas ao afeto e cuidado precoce entre mãe e filho.

Aqui na Pro Matre, as gestantes que fazem cesárea também têm a oportunidade, caso optem por isso, de interagir mais no momento do parto graças ao campo transparente – um tipo de cortina incolor que permite ver a chegada do bebê ao mundo com grande segurança, ao mesmo tempo que isola o local da cirurgia de eventuais riscos de contaminação.

Quais os cuidados depois da hora dourada?

Após esse período especial de proximamente uma hora, o bebê é colocado em um berço confortável e aquecido, próximo da mãe, para que nossa equipe médica calcule seu tamanho e peso e observe com mais detalhes seus sinais vitais, como padrões de respiração, movimentação e frequência cardíaca. Enquanto isso, a mãe geralmente é higienizada para que logo retome o contato com seu filho, pois afinal foram vários meses de espera por esse momento.

Outros cuidados gerais que adotamos para proteger nossos pequenos pacientes durante as primeiras horas são:

• Injeção de vitamina K para evitar hemorragias.

• Vacinação contra hepatite B para proteger o bebê contra esse tipo de infecção que leva à inflamação do fígado.

• Aplicação de colírio de nitrato de prata para evitar a conjuntivite gonocócica.

Com todas essas atividades, garantimos o melhor cuidado médico à mãe e ao bebê após o parto. Com isso, queremos criar uma experiência de amor e de acolhida que ficará marcada para sempre.

Conheça outros diferenciais da nossa instituição e saiba por que você pode contar com a Pro Matre nesse momento tão especial.