Cirurgia Fetal

Tamanho do Texto:

Cirurgia Fetal

Com o aumento crescente de anomalias diagnosticadas durante a vida intra-uterina, as opções terapêuticas fetais sido amplamente estudadas e desenvolvidas. Inúmeros são os procedimentos realizados durante a gravidez com a intenção de tratar ou melhorar a chance de sobrevida do feto.

Os procedimentos variam desde simples punções com agulha guiadas por ultrassonografia até complexas cirurgias a céu aberto.

Centro de Medicina Fetal

Correções cirúrgicas ainda durante a vida fetal já se tornaram uma realidade em nosso meio. Levam ao aumento da sobrevida e diminuição das morbidades neonatais em específicas condições como espinha bífida e síndrome de transfusão feto-fetal entre outras.

As técnicas cirúrgicas a serem utilizadas devem seguir protocolos rígidos. Embasados em estudos com evidência científica comprovada e previamente testados em modelos animais e com riscos e consequências em longo prazo já estabelecidas.

Finalmente, a intervenção deve ser limitada a centros de referência especializados em Medicina Fetal. Constituído por uma equipe multidisciplinar, em mãos de especialistas experientes e com aprovação do comitê de ética e consentimento informado do casal.

Todos os procedimentos usados para terapia fetal estão disponíveis em nosso país. Os procedimentos incluem correção da mielomeningocele (espinha bífida), tratamento da hérnia diafragmática (colocação de balão traqueal), coagulação de vasos placentários com laser em gestações gemelares complicadas por síndrome de transfusão feto-fetal, intervenções cardíacas, procedimentos para obstrução urinária baixa, entre outros.

Como aponta o Doutor Fábio Peralta em uma de suas palestras, despontamos como centros que trabalham em prol do desenvolvimento dessas tecnologias.

Na Gestar Clinica de Medicina e Cirurgia Fetal dispomos de profissionais capacitados e altamente especializados para realizar todas as cirurgias fetais. Oferecemos uma assistência multidisciplinar, com atenção individualizada as famílias e com resultados científicos semelhantes aos resultados obtidos nos centros internacionais.

Espinha Bífida - Mielomeningocele

A Espinha Bífida ou Mielomeningocele é a anomalia congênita mais comum do sistema nervoso central. Apresenta uma incidência aproximada de 1/1000 nascidos vivos no Brasil. É uma anomalia compatível com a vida e consiste em uma abertura na coluna (arco vetebral) do feto por onde ocorre a exposição das raízes nervosas da medula ao líquido amniótico.

Saiba mais

Síndrome da Transfusão Feto-Fetal

O tratamento é eficaz mas deve ser feito com urgência nos casos graves. A síndrome é detectável pelo exame de ultrassom e tem tratamento com uma taxa de sucesso em torno de 85% dos casos.

Saiba mais

Hérnia diafragmática congênita (HDC)

Durante a gestação, inúmeras são as condições clínicas que podem afetar o adequado desenvolvimento dos pulmões fetais, dentre as quais destaca-se a hérnia diafragmática congênita (HDC).Durante a gestação, inúmeras são as condições clínicas que podem afetar o adequado desenvolvimento dos pulmões fetais, dentre as quais destaca-se a hérnia diafragmática congênita (HDC).

Saiba mais

Uropatias obstrutivas

As malformações do trato urinário fetal correspondem a aproximadamente um terço do total das anomalias diagnosticadas no pré-natal. Dentre elas, os quadros de obstrução (uropatias obstrutivas) são os mais frequentes e constituem as principais causas de insuficiência renal antes do segundo ano de vida.

Saiba mais

Derivações vésico-amnióticas

Objetivos: Drenar a bexiga fetal em casos de obstruções urinárias baixas (em nível uretral).

Saiba mais

Derivações tóraco-amnióticas

Objetivos das derivações tóraco-amnióticas: Drenar conteúdos líquidos anormais do tórax fetal para a cavidade amniótica.

Saiba mais

Transfusão sanguínea intra-uterina

OA anemia fetal pode ser decorrente de várias causas entre elas as causas imunológicas e não imunológicas. A principal causa imunológica é a doença hemolítica materno-fetal ou eritroblastose fetal.

Saiba mais

Outros procedimentos terapêuticos

Objetivos: Tratamento da anemia fetal.

Saiba mais

Sequência TRAP

Doença rara mas grave que pode levar a morte de um gêmeo sadio.

Saiba mais