Pai é figura decorativa nos cuidados com o bebê: mito ou verdade?

Há muito tempo isso deixou de ser verdade. Hoje, os homens estão cada vez mais presentes na criação dos filhos. Ao passar por uma gravidez, a mulher precisa de bastante companheirismo. Além do apoio psicológico, indispensável para trazer mais segurança para a parceira, o pai pode ajudar dividindo tarefas domésticas e o cuidado com os filhos.

A mulher contemporânea trabalha bastante e desempenha um novo papel na sociedade. Por isso, os parceiros precisam se adaptar aos novos tempos, sem qualquer tipo de preconceito. Para ajudar nessa tarefa, a Pro Matre Paulista criou o Papo de Pai, um canal exclusivo para esclarecer as principais dúvidas masculinas.

A depressão pós-parto também pode atingir os homens. Para não se sentir excluído da vida da sua família, é preciso se informar e se engajar no novo contexto. O momento da amamentação é uma ótima oportunidade para essa aproximação. Nessas horas, os pais geralmente se sentem excluídos. Gestos simples, como fazer companhia para a mulher, podem fazê-lo se sentir útil e importante.

Quando a mulher trabalha e o pai tem que cuidar do bebê sozinho, pode aproveitar essa oportunidade para “amamentar” o seu filhote. A mãe deve tirar o leite das mamas e armazená-lo em mamadeiras bem esterilizadas para que o homem possa dar ao neném.

Leia o conteúdo do Papo de Pai e torne-se mais presente aqui:


Podemos ajudar?

Fale conosco pelo
WhatsApp.

Whatsapp

Agende visitas, marque
consultas e mais.

Acesso rápido

Skip to content